Lista de assinaturas para criar PSD tem nomes de mortos

Das 230, apenas 90 assinaturas foram consideradas verídicas

A lista de assinaturas de apoio à criação do novo partido do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o PSD, conta com o nome de pelo menos cinco eleitores mortos em Santa Catarina. A fraude foi identificada pelo cartório da 49ª Zona Eleitoral do Estado, que teve de verificar, a pedido da Justiça, a autenticidade de 230 assinaturas colhidas em três municípios do Estado. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Das 230, apenas 90 assinaturas foram consideradas verídicas. O restante foi questionado em relatório apresentado pelo cartório. O maior número de falhas foi registrado no município de São Lourenço do Oeste. Na lista do município, além de mortos, foram encontradas assinaturas falsas, inscrições duplicadas e eleitores suspensos.

O chefe do cartório eleitoral, Ângelo Eidt Pasquali, encaminhou os documentos para o Ministério Público, por encontrar indícios do "crime de falsidade ideológica eleitoral". O procurador-geral de Santa Catarina, Nelson Serpa, que preside a Comissão Provisória do PSD no Estado, afirmou que o partido irá apurar as irregularidades, que podem ser "fruto de sabotagem". Segundo ele, as assinaturas não reconhecidas serão retiradas. "Nós só precisamos apresentar 4 mil assinaturas. Já temos mais de 40 mil", afirmou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br