Lista gera polêmica e advogado acusa oposição de criar factoide

a chapa OAB de Todos diz que a entidade estaria se recusando a fornecer a lista de advogados na eleição.

O conselheiro federal e ex-presidente da OAB-PI (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Piauí), Norberto Campelo, classificou ontem de ?factoide? a notícia divulgada pela chapa OAB de Todos segundo a qual a entidade estaria se recusando a fornecer a lista de advogados na eleição para renovação da diretoria da Ordem, no próximo dia 20. ?Não passa de factoide, de uma tentativa da chapa de oposição de deturpar a verdade e, mais que isso, de tentar enganar os próprios advogados?, declarou Norberto.

A chapa OAB de Todos teria ganho na Justiça liminar determinando que a OAB-PI entregue imediatamente a lista dos advogados. Norberto Campelo disse que na noite de segunda-feira a mesma lista já tinha sido entregue aos componentes da chapa adversária, durante reunião da sede da OAB-PI. ?É um absurdo dizerem que não tinham a lista, quando o candidato foi apresentado aos advogados através de uma carta do seu avô, além de terem enviado farto material de propaganda. Portanto, querem apenas tumultuar o processo eleitoral, judicializando-o indevidamente.? declarou.

Para Norberto Campelo, a atitude revela uma postura condenável da parte dos integrantes da chapa de oposição. ?A eleição na OAB deve servir de exemplo a todos e a democracia deve imperar. Levar nossas eleições ao Judiciário deve acontecer apenas quando se justificar, o que não é o caso, já que a chapa tinha a lista completa desde quando iniciou sua campanha, enviando a carta do seu avô e dois jornais aos advogados. Quem tem interesse em representar os advogados deve, antes de tudo, respeitar a OAB?, observou.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte