Livro editado pelo governo destaca gestão do Lula entre presidentes

De suas 67 páginas, 6 são dedicadas aos dois governos de Lula e 4 às gestões de FHC (PSDB).

Um livro editado pelo governo que passou a ser distribuído nesta semana aos visitantes do Palácio da Alvorada exalta desproporcionalmente a gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Chamada "Os Presidentes e a República", a brochura é de responsabilidade do Arquivo Nacional, do Ministério da Justiça.

De suas 67 páginas, 6 são dedicadas aos dois governos de Lula e 4 às gestões de FHC (PSDB).

Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek recebem, cada um, no máximo duas páginas por gestão.

Além da diferença no número de páginas entre Lula e FHC, o conteúdo do textos também é desigual. Embora ambos tenham em geral um tom elogioso, o tucano recebe tratamento mais crítico.

O livro descreve Lula como o presidente que fez o Brasil "ser considerado um laboratório das melhores práticas de inclusão social". O mensalão aparece só em um parágrafo, sem citar nomes.

Já Fernando Henrique, embora tenha feitos na área econômica e de saúde elogiados, aparece como um presidente que deixou o país "no ápice da concentração de renda entre 174 países do mundo".

Quantos às privatizações da época de FHC, o texto diz que o programa foi implantado "com eficácia", apesar de ter sido "alvo de críticas". Não é citada a compra de votos pela emenda da reeleição.

E, apesar de citar FHC como o presidente que mais assentou sem-terra, diz que suas ações "não foram suficientes para evitar intensificação dos conflitos no campo".

A assessoria do Arquivo Nacional não foi encontrada para comentar a edição.

Fonte: UOL