Lourdes pode ser cassada no TSE

Marco Túlio Caminha, resolveu entrar com recurso no TSE contr Lourdes Melo

A candidata Lourdes Melo (PCO) tem mais uma dor de cabe?a. A procuradoria Geral Eleitoral concedeu parecer contr?rio a sua candidatura ? prefeitura de Teresina ao Tribunal Superior Eleitoral. A candidata

disse que encaminhou a sua defesa e que a decis?o do TRE-PI que liberou sua candidatura vai ser seguida pelo TSE. O caso de Lourdes

Melo ser? julgado pelo ministro Eros Grau durante esta semana.

O procurador eleitoral, Marco T?lio Caminha, resolveu entrar com recurso no TSE para que fosse negado o registro de candidatura de Lourdes Melo. Acompanhando o Minist?rio P?blico Estadual, a Procuradoria Geral

Eleitoral concedeu parecer contr?rio ? candidatura do PCO em Teresina. Cabe agora ao ministro Eros Grau decidir sobre o caso. Lourdes Melo manifestou tranq?ilidade a respeito do assunto. Segundo a candidata, o PCO j? apresentou defesa e o TSE vai confiar nos argumentos do partido.

?J? encaminhamos a nossa defesa. Nos embasamos principalmente no direito da liberdade de organiza??o dos partidos?, disse Lourdes Melo. A candidata do PCO ressaltou ainda que mesmo com o parecer contr?rio est? confiante em um resultadopositivo porque no TRE-PI sua candidatura foi liberada.

?Temos uma comiss?o provis?ria e os ju?zes aqui aceitaram os nossos argumentos?, finalizou Lourdes Melo. O juiz eleitoral T?ofilo

Rodrigues, da 1? zona eleitoral, negou o registro de Lourdes Melo porque a candidata e sua vice, Jane Mabel, n?o apresentaram ? Justi?a Eleitoral

documento do PCO que as indicasse como candidatas. Na decis?o o juiz eleitoral alegou que Lourdes Melo n?o entregou a ata da conven??o

partid?ria, subscrita por partido pol?tico regularmente constitu?do no munic?pio, nesse caso o PCO. Lourdes Melo recorreu ao TRE-PI,

que aceitou o recurso, motivando o Minist?rio P?blico Eleitoral a recorrer ao TSE.

Fonte: Carlos Rocha, Jornal Meio Norte