Luciano Nunes: 50% dos alunos estão em escolas climatizadas

Leitoa comemorou as melhorias constatadas na estrutura das unidade

Recebendo o senador, ex-ministro da Educação e ex-governador do Distrito Federal, Cristovam Buarque (PDT), em Timon, o prefeito do município, Luciano Leitoa (PSB), justificou o convite negando que haja qualquer intuito político na ação e descrevendo os avanços prospectados na educação municipal; pauta que segundo ele demanda de demasiada atenção por parte da administração pública e deve nortear novas iniciativas nos próximos meses.

“Essa visita é para demonstrar que numa cidade do Nordeste, do Maranhão, que infelizmente é conhecido pelos péssimos índices sociais que se coloca, é possível fazer uma educação de qualidade como estamos tentando fazer, então a vinda do senador também teve esse propósito, de mostrar a realidade”, afirmou.

Ciente de tal cenário, Leitoa comemorou as melhorias constatadas na estrutura das unidades de ensino da cidade, diretriz amplificada principalmente pela preocupação com a climatização dos ambientes, de modo que os alunos se sintam confortáveis na escola, fazendo de cada centro um lugar acolhedor e disseminador da educação.

“Agora estamos com quase 50% dos alunos estudando em escolas climatizadas; o senador veio para conhecer essa experiência que com certeza haverá de produzir mais avanço.

A educação é nossa principal preocupação, melhorar cada vez mais, de modo que não há desenvolvimento sem a educação. Estamos mudando essa realidade de Timon para futuras gerações, a escola é a segunda casa da população”, descreveu.

PROJETO – Por fim, o Chefe do Executivo Municipal apontou para a ampliação do projeto ‘Beija-Flor’ que insere atividades musicais e teatrais no ambiente escolar, corroborando o fortalecimento do elo entre o aluno e a unidade de ensino.

“Temos vários projetos que mexem em diversas vertentes, fazendo com que os alunos participem cada vez mais nas atividades escolares, estaremos reformulando o prédio do Beija-Flor para passar de 900 crianças para 2 mil, além disso vamos aos poucos ampliando e desenvolvendo projetos por toda a sociedade”, concluiu.

Fonte: Francy Teixeira