Enchente no NE: Lula cancela sua participação no G-20

Enchente no NE: Lula cancela sua participação no G-20

Presidente quer monitorar trabalho de ajuda aos desabrigados.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cancelou viagem ao Canadá para participar de reunião do G-20, grupo formado pelos países mais ricos e principais emergentes. Ele tomou a decisão após reunir-se nesta sexta-feira (25) com o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, no Palácio da Alvorada. Lula adiou a viagem para seguir acompanhando os trabalhos de ajuda aos atingidos pelas enchentes ocorridas em Alagoas e Pernambuco.

Segundo Amorim, Lula ficou ?chocado? com os estragos provocados pelas chuvas em Alagoas e Pernambuco e, por isso, decidiu monitorar no Brasil as medidas de auxílio aos municípios atingidos.

"Ele [Lula] me comunicou que não irá à reunião do G-20. Ele deseja ficar no Brasil acompanhando as medidas que têm sido tomadas em relação aos problemas das enchentes no Nordeste?, disse o ministro.

Nesta quinta (24), o presidente visitou os dois estados e anunciou a liberação de recursos financeiros. O presidente será representando no G-20 pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, que já está em Toronto, no Canadá.

O número de mortes causadas pela chuva em Alagoas chegou a 34. Em Pernambuco, foram registradas 17 mortes. Nos dois estados, o número de óbitos causados pela chuva, desde a semana passada, subiu para 51. Mais de 160 mil pessoas saíram de suas casas.

Reunião

Segundo o porta-voz da Presidência, Marcelo Baumbach, durante as reuniões do G-20, no sábado (26) e no domingo (27), Lula defenderia a retomada do crescimento da economia mundial. No G-20, Lula também defenderia maior participação dos países emergentes nas instituições financeiras internacionais e articularia a retomada e conclusão da Rodada de Doha.

Segundo Amorim, o ministro da Fazenda está capacitado a tratar de todos os temas da reunião. ?O G-20 tem temas estritamente econômicos. O ministro Mantega obviamente está mais do que capacitado a tratar de todos os temas. É preciso dizer também que essa reunião do G-20, de certa maneira, é uma reunião encaixada com uma reunião que havia do G8. A reunião do G-20 importante vai ser no final do ano, na Coreia. Então, ela é um pouco uma preparatória para o que vai acontecer na Coreia, onde o presidente estará?.

Amorim disse ainda que o impasse acerca do programa nuclear do Irã não será discutido nas reuniões do G-20. "Primeiro que o Irã não vai ser discutido no G-20, que trata de temas econômicos?, disse.

Fonte: g1, www.g1.com.br