Lula chama Aécio de "grosseiro" e "filhinho de papai" em MG

Lula chama Aécio de "grosseiro" e "filhinho de papai" em MG

 

Lula chama Aécio de "grosseiro" e "filhinho de papai" em MG

"O comportamento dele não é de um candidato com responsabilidade, é o comportamento de um filhinho de papai que sempre acha que os outros sempre têm que fazer tudo para ele, que olha com o nariz empinado", disse o ex-presidenteteO ex-presidente Lula fez, durante comício na manhã deste sábado em Belo Horizonte, duros ataques ao senador Aécio Neves (PSDB) adversário da presidente Dilma Rousseff (PT) no segundo turno da eleição presidencial. O evento reuniu militantes e eleitores na Praça Duque de Caxias em Santa Tereza, região leste da capital mineira. Lula estava acompanhado de deputados eleitos pelo Partido dos Trabalhadores, sindicalistas, representantes de movimentos sociais e do governador eleito, Fernando Pimentel. 

O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva e o governador eleito pelo PT em Minas Gerais, Fernando Pimentel, participam de ato pró-Dilma na Praça Duque de Caxias, no bairro Santa Tereza em Belo Horizonte, MG, neste sábado 
Foto: Alberto Wu / Futura Press

Na ocasião, Lula chamou o candidato tucano, de "moço vingativo" e "filhinho de papai," que age com grosseria e desrespeito para com a presidente Dilma, como teria acontecido, na avaliação do ex-presidente, no debate da última quinta-feira na emissora SBT: "Eu vejo que o cidadão a toda hora fica espezinhando a Dilma. Eu disputei muitas eleições nesse País, eu nunca vi um cidadão faltar tanto com o respeito com uma presidenta quanto o nosso opositor está fazendo," avaliou.

"Eu não tinha coragem de ser grosseiro contra o Collor, eu não tinha coragem de ser grosseiro contra o Serra, eu não tinha coragem de ser grosseiro com o Alckmin, nas eleições que eu participei e nas eleições que eu perdi contra o Fernando Henrique Cardoso. Pega uma palavra minha chamando o candidato de mentiroso. Pega uma palavra minha chamando o candidato de leviano. O comportamento dele não é de um candidato com responsabilidade, o comportamento de um filhinho de papai que sempre acha que os outros sempre têm que fazer tudo para ele, que olha com o nariz empinado," disparou. 

Lula afirmou ainda que Aécio Neves age desta forma porque Dilma é mulher: "Eu não sei se ele teria coragem de ser tão grosseiro se o seu adversário fosse um homem. E não só porque a Dilma é mulher, porque é avó, mas sobretudo porque o cargo que ela ostenta é o de presidente da república desse país," continuou.

Lula e o governador eleito pelo PT em Minas Gerais, Fernando Pimentel, participam de ato pró-Dilma, em Belo Horizonte
Foto: Alberto Wu / Futura Press