Lula desafia PSDB e diz que ele criou mais mecanismos contra a corrupção

Ex-presidente participou de ato de campanha de Alexandre Padilha em SP. Ele disse que PT costuma abaixar a cabeça para provocações de tucanos.

Em cima de um carro de som na Praça da Sé, no centro de São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desafiou o PSDB nesta sexta-feira (18) a "provar" se algum chefe do Executivo federal criou mais mecanismos de combate à corrupção do que ele. Padrinho político da presidente Dilma Rousseff e do ex-ministro Alexandre Padilha, Lula afirmou que os militantes petistas costumam abaixar a cabeça para as provocações dos tucanos de que o PT é "corrupto".

"Eu desafio eles [integrantes do PSDB] a provarem se algum presidente criou mais mecanismos de investigação do que eu. No tempo deles, tinha tapete muito grande para jogar sujeira para debaixo. Eles vivem dizendo que o PT é corrupto e a gente abaixa a cabeça. Nenhum deles chega perto de nós em termos de preservação do patrimônio publico", discursou Lula durante ato político que marcou o lançamento oficial da candidatura de Padilha ao Palácio dos Bandeirantes.


Lula desafia PSDB e diz que ele criou mais mecanismos contra a corrupção

Lula participou nesta sexta, ao lado de Padilha, de caminhada no centro de São Paulo. O prefeito paulistano Fernando Haddad (PT) também prestigiou o ato político.

A caminhada começou por volta do meio-dia na Praça do Patriarca. Padilha e Lula se encontraram na Praça da Sé. Ao chegar ao ato, Haddad justificou sua presença dizendo que aproveitou sua hora do almoço para participar do encontro.

Fonte: G1