Lula diz que está com "saúde perfeita" e que vai manter ritmo

Após o exame Lula seguiria para Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva mostrou bom humor e disposição após a bateria de exames que realizou na manhã deste sábado. Negando que a agenda pesada de trabalho tenha sido responsável pela crise de hipertensão da última quarta-feira, afirmou que manterá seu ritmo.

"Vamos ter que encontrar um jeito. O problema é que nós temos... muita coisa para fazer este ano", disse Lula a jornalistas em São Paulo, após os exames. "Vou continuar viajando."

Tanto Lula quanto seu médico pessoal, Roberto Kalil, culparam o pico de pressão alta ao excesso de cansaço e de horas acordadas.

"O presidente é saudável... a orientação é descansar um pouco mais e praticar mais exercícios", disse Kalil, acrescentando que há histórico de problemas de pressão na família mas que o presidente não é hipertenso.

Na noite de quarta-feira, a pressão de Lula chegou a 18 por 12. Por conta disso, o médico da comitiva presidencial decidiu interná-lo num hospital e suspender a agenda de trabalho até domingo, cancelando a viagem que faria a Davos, Suíça, para participar do Fórum Econômico Mundial.

Na quinta de manhã Lula foi para sua residência, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, onde descansou até a realização dos exames desta manhã.

"Graças a Deus estou com minha saúde perfeita", disse Lula, explicando que não ficou assustado com o problema de quarta-feira, mas preocupado.

"Por mim eu tomaria uma remediozinho e embarcaria para Davos, mas aí a responsabilidade é do médico", disse.

Lula foi submetido a uma tomografia das artérias, uma ultrassonografia da próstata e do abdome, um ecocardiograma, exames de sangue e um teste de função pulmonar. Segundo Kalil, os resultados já saíram e "estão bons".

O presidente admitiu ficar preocupado toda vez que passa por um check-up.

"Leva seu carro numa concessionária achando que ele está com um probleminha na porta direita. Deixa ele então na concessionária que você vai ver que ele está com problema em tudo quanto é lugar. O ser humano no check-up é assim", resumiu.

Após o exame Lula seguiria para Brasília.

Fonte: g1, www.g1.com.br