Lula diz que não irá assistir ao julgamento do mensalão no STF

Lula diz que não irá assistir ao julgamento do mensalão no STF

"Estou trabalhando", disse ele ao explicar por que não irá acompanhar

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira (2) que não irá assistir ao julgamento do mensalão, que começou nesta tarde no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele fez um breve comentário sobre o assunto após receber uma homenagem em São Paulo feita por associações de produtores de biodiesel. Ao ser questionado por jornalistas por que não acompanharia o julgamento, Lula deu uma resposta curta. ?Porque estou trabalhando?, afirmou.

Segundo a assessoria do ex-presidente, Lula avalia que acompanhar o julgamento é uma tarefa para advogados.

Lula discursou por cerca de 30 minutos durante o evento e não fez referência ao mensalão. O processo trata do suposto pagamento de mesada a parlamentares em troca de apoio político no Congresso. O caso veio à tona em 2005 e teria começado entre 2003 e 2004, início do mandato do ex-presidente, segundo a procuradoria.

Homenagem

Durante o compromisso em São Paulo, Lula se mostrou bem-humorado e falou de temas gerais da política brasileira. Ao comentar a expectativa sobre seu retorno político, ele afirmou que sua meta é apoiar a reeleição de Dima. "Eu não preciso voltar, eu já voltei. Eu estou aqui para ajudar a Dilma a ser presidente mais uma vez", disse.

O evento com Lula ocorreu no Hotel Mercure Grand Hotel, na Vila Mariana, na Zona Sul de São Paulo. Ele foi homenageado por associações por seu papel de articulador do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB) durante seu primeiro mandato. O evento foi organizado pela União Brasileira de Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio) e pela Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil (Aprobio).

Fonte: G1