Lula diz que pode deixar para Dilma indicação de ministro do STF

Lula diz que pode deixar para Dilma indicação de ministro do STF

“Se não for possível votar agora, prefiro deixar para a companheira Dilma indicar”, disse o presidente

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira (24) que poderá deixar a indicação do 11º ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) para a presidente eleita, Dilma Rousseff. O novo ministro ocupará a vaga deixada por Eros Grau, que se aposentou em agosto deste ano.

Lula disse que conversou com o presidente do Congresso Nacional, José Sarney (PMDB-AP), para saber se há condições de que o indicado pelo presidente seja sabatinado antes do recesso legislativo, a partir de 17 de dezembro.

?Se não for possível votar agora, prefiro deixar para a companheira Dilma indicar?, disse o presidente em entrevista a blogueiros, concedida no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira.

Lula reafirmou não ter pressa de indicar mais um integrante da Suprema Corte, porque não há votações urgentes na pauta do plenário do STF. Mas, segundo ele, o novo ministro terá responsabilidade ao ser o voto de desempate no julgamento da Lei da Ficha Limpa e o primeiro a votar em casos como o mensalão.

Se Lula nomear o próximo ministro do STF, será a nona indicação do presidente em dois mandatos de governo. Questionado se o Supremo é a cara do governo Lula, o presidente afirmou que indicou ministros pensando na competência para o cargo.

?Graças a Deus o Supremo não é a minha cara. A gente não pode indicar as pessoas pensando na próxima votação. Na Suprema Corte não pode indicar uma pessoa pensando nos processos que vai ter contra o presidente da República. Tem que indicar pensando se a pessoa vai ser ou não competente para o cargo?, disse o presidente.

Fonte: g1, www.g1.com.br