Lula homenageia Sérgio Buarque e agradece o apoio

Navio lançado homenageia escritor e intelectual autor de "Raízes do Brasil"

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou na tarde desta sexta-feira (19) do lançamento do navio Sérgio Buarque de Holanda, em Niterói, no Rio de Janeiro. O nome da embarcação da Transpetro é uma homenagem ao historiador e crítico literário, autor do clássico "Raízes do Brasil". "É um dos intelectuais mais respeitados do país", disse, ressaltando que ele foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores.

Durante a cerimônia, Lula pediu que Miúcha, filha de Sérgio Buarque de Holanda, levasse ao irmão Chico Buarque um agradecimento pelo apoio à candidata Dilma Rousseff e ao governo. Miúcha representou a família na homenagem e Chico Buarque não estava presente.

"É importante você dizer para o Chico que eu agradeço porque no ato dos artistas para apoiar a Dilma Rousseff aqui no Rio de Janeiro ele teve a coragem de dizer: "eu gosto desse governo porque esse governo não fala fino com os americanos e não fala grosso com o Paraguai", disse Lula, complementando que .

"Prestar uma homenagem ao Sérgio Buarque é prestar uma homenagem às pessoas que tiveram importância para esse país e que muitas vezes a gente não consegue dar a dimensão", afirmou. Além de Sérgio Buarque, já foram homenageados em outras embarcações o economista Celso Furtado e o líder da Revolta da Chibata, João Cândido. "Vamos dar o nome do outro de Recife a Zumbi dos Palmares, para homenagear mais uma vez os negros e as negras deste país", disse.

Empregos

Lula ressaltou que guarda expectativa de que os números de contratações, que devem ser divulgados nesta sexta, confirmem a criação de 2,5 milhões de empregos entre janeiro e outubro. "Hoje certamente vai ser anunciado o número de empregos criados no Brasil no mês de outubro, deve ser mais de 200 mil, se for mais de 200 mil, vamos criar 2,5 milhões de empregos em 10 meses", disse.

Ainda durante o evento, Lula se dirigiu aos funcionários do estaleiro e agradeceu o apoio dos trabalhadores durante os oito anos de governo. "Nos momentos difíceis que eu passei na Presidência da República, foi a peãozada desse país que teve coragem de gritar: se mexeu com o Lula mexeu comigo", disse.

Agenda no Rio

Nesta tarde, Lula deve participa de cerimônia comemorativa ao Dia Nacional da Consciência Negra ? 100 Anos da Revolta da Chibata, que será realizada na Praça 15, no centro da capital carioca.

À noite, ele recebe Eric Kandel, prêmio Nobel de Medicina, no Palácio das Laranjeiras e participa de jantar promovido pela Câmara de Comércio França-Brasil, em que receberá o prêmio Personalidade França-Brasil 2010.

Fonte: g1, www.g1.com.br