Lula pode aprovar ZPE de Parnaíba em abril

Os técnicos Luiz Raimundo de Souza Fernandes e Marília D’Orazio de Matos ficaram impressionados com o nível de envolvimento da população de Parnaíba

Um importante passo para a instalação da Zona de Processamento de Exportação de Parnaíba foi dado na última sexta-feira, 26. Uma equipe técnica do Conselho Nacional de ZPE esteve no município de Parnaíba para fazer um levantamento sobre a infra-estrutura que será a base de sustentação do empreendimento.

Os dados coletados vão fazer parte do relatório que será votado na próxima quarta-feira, dia 31, pelo conselho que é composto por seis ministérios.

Os técnicos Luiz Raimundo de Souza Fernandes e Marília D?Orazio de Matos ficaram impressionados com o nível de envolvimento da população de Parnaíba em relação à ZPE e com as obras na área de infrestrutura que foram feitas e que estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura e Governo do Estado.

Além do terreno onde será instalada a ZPE, eles visitaram as obras do Porto de Luís Correia, os Tabuleiros Litorâneos, o aeroporto Internacional de Parnaíba, as obras do sistema de água e esgoto da cidade, o Centro de Referência em Aquicultura e Recursos Pesqueiros, o Parque Eólico, as obras da estrada que liga a área da ZPE ao porto e aeroporto e o Campus da Universidade Federal do Piauí no município.

Após as visitas, os técnicos participaram de uma reunião na Prefeitura com as participações do prefeito José Hamilton, de secretários municipais, do secretário Estadual do Planejamento (Seplan), Sérgio Miranda, e do reitor da Universidade Federal do Piauí (Ufpi), Luis Júnior. O reitor informou que a instituição vai ampliar o número de cursos superiores para atender as novas demandas geradas pelo desenvolvimento da região.

?Os técnicos saíram de Parnaíba com uma impressão muito boa acerca das obras e ações que já foram feitas e que estão sendo realizadas, visando a viabilidade da ZPE. Eles notaram que o nível de envolvimento da sociedade em torno da criação do empreendimento é muito grande.

Hoje, o tema ZPE é dominado no município até pelas crianças. Diante do que percebemos, estamos confiantes que o relatório será aprovado no conselho no dia 31?, disse Márcio Gomes, técnico da Secretaria Estadual do Planejamento que coordena o projeto junto com o secretário Sérgio Miranda.

A equipe técnica veio dos Estados do Ceará e do Rio Grande do Norte, onde fizeram o mesmo trabalho em relação à implantação das ZPEs do Assu (RN) e do Pecém (CE). No caso de aprovação, o relatório vai para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a quem caberá a decisão final.

Governo já pagou o terreno da ZPE

Os pagamentos para a desapropriação da propriedade de 311 hectares na qual vai ser instalada a Zona de Processamento de Exportação de Parnaíba (ZPE) já foram concluídos pelo Governo do Estado. Com isso, os recursos investidos na desapropriação totalizam R$ 750 mil.

A nova área, que foi selecionada em conjunto com a Prefeitura Municipal de Parnaíba levando em conta o zoneamento definido no Plano Diretor do Município, fica próxima do Perímetro Irrigado Tabuleiros Litorâneos, nas imediações da BR-343.

A Secretaria Estadual do Planejamento (Seplan), a Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedet) e a Prefeitura de Parnaíba coordenam o processo de implantação da ZPE de Parnaíba. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte