Lula rebate FHC e diz que tucano deveria "ficar quieto" após chamar Dilma Rousseff de ingrata

Lula rebate FHC e diz que tucano deveria "ficar quieto" após chamar Dilma Rousseff de ingrata

A declaração do tucano aconteceu durante evento do PSDB em Minas ao lado do senador Aécio Neves (PSDB-MG)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu nesta terça-feira (26) a declaração de seu antecessor no cargo, Fernando Henrique Cardoso, de que a presidente Dilma Rousseff é "ingrata" ao negar a herança dos governos do PSDB.

Para o petista, FHC deve ficar "quieto" e ajudar a presidente a comandar o país.

"Eu acho que Fernando Henrique Cardoso deveria, no mínimo, ficar quieto. Acho que, neste país, cada um fala o que quiser e responde pelo que fala", disse Lula.

Questionado ontem sobre o discurso de Dilma na festa dos 10 anos do PT, em São Paulo, em que a presidente afirmou não ter herdado "nada" da gestão tucana, FHC afirmou: "O que é que a gente pode fazer quando a pessoa é ingrata? Nada. Cospe no prato que comeu. Meu Deus".

A declaração do tucano aconteceu durante evento do PSDB em Minas ao lado do senador Aécio Neves (PSDB-MG), possível adversário de Dilma na disputa eleitoral pela Presidência em 2014.

Lula, que na semana passada lançou Dilma como candidata petista à reeleição, disse que Dilma "sabe o que faz" e que FHC deveria contribuir com o governo.

"O que ele deveria é contribuir para Dilma continuar a governar o país pais bem. Deixa ela trabalhar. Ela sabe o que faz. Deixa a mulher trabalhar. Porque não é todo dia que o país elege uma mulher presidente", completou o petista.

Fonte: Folha