Lula pede a jogadores que não deixem o Corinthians até o final da Taça Libertadores

Do time campeão, apenas Ronaldo, Dentinho, Cristhian, Willian e Jorge Henrique foram

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu nesta quinta-feira aos jogadores do Corinthians que não deixem o clube até o término da Taça Libertadores. Jogadores e o técnico Mano Menezes foram recebidos nesta tarde no Palácio da Alvorada por Lula, que é torcedor do time, um dia após a conquista da Copa do Brasil. O encontro durou quase uma hora.

?Morram de inveja vocês que não são corintianos?, disse Lula ao receber a faixa de campeão das mãos do presidente do time, Andrés Sanches. Do lado de fora, cerca de 150 torcedores esperaram o fim do encontro com Lula para comemorar com os jogadores.

Do time campeão, apenas Ronaldo, Dentinho, Cristhian, Willian e Jorge Henrique foram à casa do presidente, além do técnico Mano Menezes.

Ao receber a delegação, Lula disse que quando chegou de viagem na noite de quarta-feira, quando voltou da Líbia, a partida contra o Internacional ainda estava para começar no Beira-Rio, mas quando chegou no Palácio da Alvorada, o jogo já estava 2 a 0 para o Corinthians (o placar final foi 2 a 2, o que deu o título ao time paulista e a vaga à Libertadores).

Lula dispensou alguns minutos para uma conversa reservada com o atacante Ronaldo e depois perguntou ao jogador se ele pretende deixar o Brasil no final do ano para voltar à Europa. Segundo auxiliares da Presidência, Ronaldo disse que não vai voltar. Argumentou que seu ciclo na Europa terminou.

O presidente disse aos jogadores e dirigentes que devia ser feito um pacto para que os atletas não saiam do time até o final da Taça Libertadores do ano que vem. Como campeão da Copa do Brasil, o Corinthians conquistou a vaga no torneio continental de 2010, quando o clube completa 100 anos.

Ele também brincou com o atacante Jorge Henrique, que, segundo ele, se parecia com Romário pelo tipo físico.

Fonte: g1, www.g1.com.br