Lula reforça campanha de Nazareno Fonteles

Assim como Lula, vários ministros e petistas ""ilustres"" já apareceram no programa de Nazareno

O presidente Lula (PT) apareceu na campanha de Nazareno Fonteles (PT). N?o como muitos petistas esperavam, com um com?cio a favor do candidato petista, mas com uma grava??o para o hor?rio eleitoral gratuito. Assim como Lula, v?rios ministros e petistas ?ilustres? j? apareceram no programa de Nazareno Fonteles em uma estrat?gia de associar o nome do candidato petista ao do presidente Lula e do governador Wellington Dias (PT), o j? preconizado ?alinhamento dos planetas?.

As falas do presidente Lula foram gravadas em Bras?lia e aparecem mescladas com imagens do presidente e do governador ao lado de Nazareno ao longo da carreira pol?ticas dos tr?s. Com rela??o ? vinda do

candidato petista a Teresina, como fez o ministro do Desenvolvimento Social e Combate ? Fome, Patrus Ananias (PT) e o presidente da Funda??o

Perseu Abramo e ex-ministro de direitos humanos Nilm?rio Miranda, Nazareno Fonteles diz que o assunto est? sendo tratado pelo governador

Wellington Dias.

?O governador est? se encarregando disso e negociando a agenda do presidente Lula para atender ao Nordeste e n?o s? Teresina. Vemos isso como uma perspectiva saud?vel, mas aindaestamos negociando?, ressaltou. J? apareceram na TV pedindo votos para Nazareno o governador de Sergipe, Marcelo D?da (PT), os ministros da Justi?a, Tarso Genro, e de Pol?ticas para Mulheres Nilc?ia Freire. O que pode dar um ?empurraozinho? para a vinda do presidente a Teresina ? que de acordo com Nazareno h? uma pesquisa a ser divulgada neste s?bado que mostra o crescimento do petista, segundo o candidato.

Se referindo ao principal advers?rio, o candidato ? reelei??o, S?lvio Mendes

(PSDB), Nazareno diz que ele tem um forte crescimento na pesquisa. ?Ele cai bastante e eu subo bastante. Pela quest?o da legalidade, ela s? sai no s?bado. O que posso adiantar ? que h? um crescimento confirmando o que via nas ruas?, destacou o candidato petista.

Fonte: Carlos Rocha, Jornal Meio Norte