Mais da metade dos líderes do Congresso têm processo na Justiça

Ou seja, 53,8% lideres de bancadas têm pendências judiciais.

Mais da metade dos políticos que foram escolhidos como líderes de bancadas no Congresso Nacional, de 39, 21 têm ocorrências judiciais, incluindo condenações, processos que estão em andamento e inquéritos onde eles são investigados.

De acordo com uma reportagem da UOL, dos 26 líderes da Câmara, 12 tem processos no Judiciário. Já no Senado, pelo menos nove têm ocorrências sendo que no total são 13 parlamentares na liderança. Ou seja, 53,8% lideres de bancadas têm pendências judiciais.

Entre as acusações que envolvem esses políticos estão tentativa de homicídio, corrupção e formação de quadrilha. Também existem casos de ex-governadores cassados ou multados por tribunais de contas e de condenações na Justiça Eleitoral.

O levantamento foi realizado com base nas informações dos tribunais e da ONG Transparência Brasil. Em resposta, os políticos negam as acusações e afirmam que esperam confiantes as decisões da Justiça.

Congresso Nacional (Crédito: Reprodução)
Congresso Nacional (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol