Maklandel Matos propõe descentralizar saúde em Teresina

Maklandel Matos propõe descentralizar saúde em Teresina

Maklandel focou sua participação nas suas propostas para a área de saúde caso chegue à Prefeitura de Teresina

O candidato a prefeito Maklandel Matos foi entrevistado na manhã de ontem no jornal Notícias da Boa, na rádio Boa FM, 94,1 MHz, apresentado pelo radialista Arnaldo Ribeiro, dentro da série de entrevistas com todos os candidatos a prefeito de Teresina.

Maklandel focou sua participação nas suas propostas para a área de saúde caso chegue à Prefeitura de Teresina. O candidato defende investimentos na área de saúde preventiva com a valorização dos profissionais que vão às ruas para evitar o contágio de doenças pelos teresinenses. ?Nossa meta é investir em saúde preventiva. Valorizar os agentes de saúde, de endemias, aumentar a quantidade de médicos do Programa Saúde da Família?, disse Maklandel.

O candidato defendeu ainda atenção para o serviço de saneamento básico que, segundo ele, ainda apresenta números pouco expressivos em Teresina e deve ser prioridade do novo gestor da capital. Maklandel disse que pretende municipalizar o serviço de coleta de lixo em Teresina. ?É preciso investir de forma urgente em saneamento básico, melhorar a coleta seletiva de lixo. Nossa proposta é mudar e municipalizar o serviço de coleta de lixo. O poder público tem que executar o serviço de coleta?, disse Maklandel.

O candidato do PSOL defendeu a descentralização do atendimento público de saúde na capital, com a reabertura do Pronto Socorro do Hospital Getúlio Vargas e a abertura do Hospital Universitário, além do fortalecimento dos hospitais de bairros sob a coordenação da PMT. ?Nós temos que descentralizar o atendimento nos hospitais da capital, levar esse atendimento para os bairros onde moram os pacientes. Hoje, esses hospitais estão sucateados?, afirmou.

Fonte: Jornal Meio Norte