Manifestantes fazem ato em frente à casa de Bolsonaro na Barra

Protesto é contra o impeachment e a apologia da ditadura

O grupo Levante Popular da Juventude realizou um protesto neste domingo, em frente à casa do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC - RJ), na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Com uma faixa com a frase: Bolsonaro golpista, cerca de 50 manifestantes gritavam palavras de ordem contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e contra apologia à ditadura militar. Ao proferir o voto a favor do impeachment no último domingo, Bolsonaro evocou a memória do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, que chefiou o órgão de repressão da ditadura militar Doi-Codi de São Paulo de 1971 a 1974.

- O Bolsonaro representa tudo que vai contra a juventude pobre, negra e LGBT. De forma irresponsável, ele votou a favor do impeachment e elogiou um coronel responsável pela tortura e morte de várias pessoas durante a ditadura. Não podemos deixar isso passar. É por isso que viemos protestar - explica Breno Rodrigues, do Levante Popular da Juventude, um dos organizadores da manifestação.

O protesto aconteceu na orla da praia da Barra da tijuca, onde mora o deputado e durou cerca de meia-hora. Durante esse tempo, os moradores do condomínio onde mora o deputado ficaram impedidos de entrar e sair do prédio.

Os manifestantes cantavam: “Bom dia Bolsomonstro, como vai? Bom dia Bolsomonstro, como vai? Não aceito retrocesso, muito menos seu facismo. Bom dia Bolsomonstro, como vai?”


Image title

Image title




Fonte: Com informações do OGlobo