Manin Rego poderá voltar a prefeitura

Com o adiamento do julgamento do recurso impetrado pela defesa do ex-prefeito para a próxima segunda-feira, 08

O comando de Barras pelos próximos meses ainda é uma incógnita. Com a saída de Manin Rêgo da Prefeitura, e a posse do presidente da Câmara de Vereadores, Francisco Marques, na última sexta-feira, a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) sobre a cassação de Rêgo parecia ter sido concluída. Com o adiamento do julgamento do recurso impetrado pela defesa do ex-prefeito para a próxima segunda-feira, 08, a gestão municipal poderá voltar para as mãos do peemedebista.

De acordo com a Ação de Impugnação do Mandato Eleitoral (AIME), Manin Rêgo e o vice, Manoel José de Almeida Neto, teriam praticado abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio, ou seja, compra de votos, no pleito de 2008. O TRE-PI condenou o prefeito em dezembro do ano passado, mas devido às ações judiciais movidas por Manin Rêgo para continuar no cargo, a aplicação da decisão havia sido adiada.

CRISTALÂNDIA- O prefeito de Cristalândia, Ariano Nogueira Paranaguá e o vice, Fausto Célio de Souza Louzeiro, continuarão à frente da Prefeitura. O município foi palco de uma decisão judicial inédita no Piauí durante a semana passada. O juiz da Comarca, Rafael Mendes Taludo, decidiu que o prefeito, o vice, e o presidente da Câmara Municipal, o vereador Lindomar Damasceno Dias, tivessem seus mandatos cassados.

O desembargador Haroldo Rehem acatou ontem a medida cautelar permitindo a permanência de Ariano no cargo até o julgamento dos recursos. O prefeito explicou ao Jornal Meio-Norte que a maioria das acusações contidas na AIME já foram julgadas com parecer favorável.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte