Manutenção de salário de Kassab racha governistas

Após aprovar em novembro o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (

Manutenção de salário de Kassab racha governistas

2 horas, 2 minutos atrás

O líder do DEM na Câmara de São Paulo, Carlos Apolinário, apresentou ontem uma emenda que congela em R$ 12.384 o salário do prefeito Gilberto Kassab (DEM). O texto fixa em R$ 11 mil o vencimento da vice-prefeita, Alda Marco Antonio, e dos 28 secretários. Apolinário apresentou o texto um dia depois do fracasso da proposta da Mesa Diretora, que aumentaria o salário de Kassab para R$ 23,2 mil, dos secretários para R$ 19 mil e o da vice-prefeita para R$ 20,8 mil. A votação foi boicotada pelo PSDB. A base aliada do prefeito diz não ter sido avisada com antecedência sobre a proposta de Apolinário, cuja atitude isolada aumentou o racha governista.

ADVERTISEMENT

A ação foi interpretada por outros líderes como uma retaliação pela obstrução feita pelo "centrão" à votação do Plano Diretor. Nesta semana, Apolinário não conseguiu convencer os colegas a votar a proposta de novas regras para a cidade. Para vereadores, o ato de Apolinário e a união PSDB-PT contra a proposta inicial inviabilizam a votação do reajuste até quinta-feira - fim do ano legislativo. É o primeiro revés de Kassab no Legislativo. Após aprovar em novembro o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para 1,7 milhão de imóveis, a Câmara temia novo desgaste, no momento em que a cidade sofre com enchentes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: aaaaaaaaaaaaa