Mão Santa comemora aprovação de projeto que beneficia aposentados

As duas matérias foram aprovadas depois de acordo entre líderes partidários que envolveu até mesmo a realização de uma sessão extraordinária.

Em pronunciamento o senador Mão Santa comemorou a aprovação no senado do projeto que reajusta em 7,72% os benefícios dos aposentados que recebem acima de um salário mínimo e a extinção do fator previdenciário. O senado também aprovou o projeto Ficha Limpa.

As duas matérias foram aprovadas depois de acordo entre líderes partidários que envolveu até mesmo a realização de uma sessão extraordinária.

O Fator Previdenciário foi criado pela Lei 9.876/99 como alternativa de controle de gastos da Previdência Social, o qual guarda relação com a idade de aposentadoria ou tempo de contribuição e com a expectativa de sobrevida no momento de aposentadoria. Ele foi criado com a finalidade de reduzir o valor dos benefícios previdenciários, no momento de sua concessão, de maneira inversamente proporcional à idade de aposentadoria do segurado. Quanto menor a idade de aposentadoria, maior o redutor e conseqüentemente, menor o valor do benefício.

?Vossa Excelência (Paulo Paim) foi o agente causador da vitória que a democracia do Brasil conseguiu hoje. E eu quero dar este testemunho, porque Vossa Excelência me convidou, e só isto justifica a minha presença nesta legislatura no Senado: ser o Relator da lei do Paulo Paim que enterrava, de vez, o fator previdenciário, que reduzia os salários dos que trabalharam, dos aposentados que sofriam?, salienta o parlamentar. O senador Paulo Paim (PT-RS), foi autor de uma das propostas de beneficio aos aposentados.

Para Mão Santa, o presidente Lula não vetará o projeto. ?Então, eu acho que o Presidente Luiz Inácio vai ficar agradecido a nós, agradecido a V. Exª, que é do Partido dele (PT), que tem uma origem política como a dele: sindicalista?.

Fonte: Ascom