Mão Santa: “Oposição é uma situação confortável”

O senador ainda lembrou de fatos que englobaram a extinta base aliada

O senador Mão Santa (PSC) lembrou aos colegas do Senado federal que o governo do PT no Piauí acabou, porém deixou para o atual governador Wilson Martins (PSB), uma administração repleta de falhas e mentiras. ?Nunca vi tanta mentira, nunca vi tanta corrupção e tanta incompetência como o governo do PT no Piauí. O atual governador, quando era deputado pelo PSDB, foi líder do meu governo, eu tenho pena dele?, pontuou.

O parlamentar piauiense afirmou que estar na oposição é uma situação confortável. ?A melhor coisa é oposição. Eu fui prefeito de Parnaíba. Eram treze vereadores: eu tinha seis e sete eram contra ? do grupo dos Silva. A melhor coisa é oposição. Porque você fica alerta?, destacou.

Mão Santa observou que quando deixou a Prefeitura de Parnaíba, dois anos depois foi candidato a Governador do Estado, obtendo 93,84% dos votos da cidade. ?De cada trinta parnaibanos que se levantaram para votar, vinte e nove votaram em mim. De cada trinta! E era contra o governo, então?, observou.

O senador ainda lembrou de fatos que englobaram a extinta base aliada, comentando que o pré-candidato ao Governo do Estado, senador João Vicente (PTB), que foi Secretário de Indústria e Comércio em seu governo, também foi vítima das falácias e promessas do ex-governador Wellington Dias (PT).

?Um homem de visão, foi meu secretário. Zeloso com a coisa pública. O ex-governador tinha cinco candidatos a governador, um deles era o João Vicente. É como se você marcasse um casamento com cinco noivas, na mesma igreja, com o mesmo padre e no mesmo horário. O homem mente tanto que deu uma confusão, saiu gente zangada para todo lado?, finalizou Mão Santa.

Fonte: Ascom