Marina gastou R$ 24,1 milhões na campanha para presidente

Marina gastou R$ 24,1 milhões na campanha para presidente

Termina nesta terça (2) o prazo para a prestação final de contas do 1º turno.

erceira colocada na disputa para a presidente da República, a candidata do PV Marina Silva gastou R$ 24.108.859,74 na campanha. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta segunda-feira (1) a prestação de contas final da candidata que obteve no primeiro turno das eleições 20% dos votos válidos.

O valor final é quase três vezes menor do que o informado por Marina Silva ao TSE, em julho, quando fez o pedido do registro de candidatura. A expectativa antes de começar a campanha era arrecadar R$ 90 milhões.

O principal doador da campanha do PV foi o candidato a vice-presidente na chapa de Marina, o empresário Guilherme Leal. Ele foi responsável por quase metade da arrecadação do partido nestas eleições: R$ 11,9 milhões. Entre os principais doadores, Marina Silva contou com as construtoras Andrade Gutierrez (R$ 1,1 milhão) e Camargo e Corrêa (R$ 1 milhão); e o Itaú Unibanco (R$ 1 milhão).

De acordo com a prestação de contas apresentada pelo PV, as contribuições tinham um valor mínimo de R$ 5 e, em sua maioria, eram feitas por cartão de crédito. Com destaque para a doação do empresário Eike Batista, que contribuiu sozinho com R$ 500 mil.

Uma realidade diferente da última campanha feita por Marina, em 2002, antes de disputar a Presidência, quando foi eleita senadora pelo Acre. Nas eleições daquele ano, ela arrecadou R$ 224.281. Na lista de doadores não havia grandes empresas e a maior contribuição individual que recebeu foi de R$ 50 mil.

Entre as principais despesas de campanha da candidata do PV, estão os serviços de comunicação, propaganda, marketing e produção de programas eleitorais. Uma das empresas contratadas para produzir os programas recebeu mais de R$ 4 milhões.

PRTB

A prestação de contas final também foi entregue pelo candidato do PRTB à Presidência, Levy Fidelix, que recebeu 0,06% dos votos válidos no primeiro turno. Ele informou ao TSE que arrecadou um total de R$ 17,3 mil. As despesas apresentadas somaram 16,8 mil. Já o comitê financeiro da campanha arrecadou e gastou R$ 150.121,75 e o Diretório Nacional do PRTB declarou um fluxo entre arrecadação de despesa de R$ 60 mil nas eleições 2010.

Prazo

Termina às 19h desta terça-feira (2) o prazo para que os candidatos que participaram do primeiro turno das eleições entreguem a prestação final de contas de campanha. Segundo TSE, das 24.198 contas que a Justiça Eleitoral espera receber, 7.834 já foram entregues e processadas.

Os candidatos que disputaram cargos de deputado estadual ou distrital, deputado federal, senador e governador deverão prestar contas aos Tribunais Regionais Eleitorais de cada estado.

Os candidatos que disputaram no segundo turno a presidência da República, Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB), terão até o dia 30 de novembro para declarar as contas de campanha.

Fonte: g1, www.g1.com.br