Marina Silva pede mais força a órgãos de fiscalização

Marina lamentou que o nível de desvio de dinheiro público no Brasil tenha atingido patamares "extremamente altos"

A senadora e pré-candidata à Presidência da República pelo PV, Marina Silva (AC), defendeu hoje, no Rio, o fortalecimento dos órgãos de fiscalização e controle como método para combate à corrupção no País. Em discurso na Câmara Municipal de São Gonçalo, onde foi homenageada, Marina lamentou que o nível de desvio de dinheiro público no Brasil tenha atingido patamares "extremamente altos". Segundo ela, o mesmo volume de recursos que é aplicado em saúde e educação é desviado por corruptos em todos os níveis do poder público.

"O combate à corrupção é algo que precisa ser feito em todas as frentes. Uma delas é o fortalecimento dos órgão de fiscalização e controle, como o Ministério Público, o Tribunal de Contas e o próprio órgão do governo responsável pelo tema", argumentou a pré-candidata do PV. Com o discurso, a senadora se coloca em posição diversa da do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que nos últimos meses, vem reclamando do excesso de vigor dos órgãos de fiscalização do Estado.

Marina foi homenageada com o título de cidadã gonçalense e com a mais alta comenda da Câmara Municipal de São Gonçalo. Ela ainda foi recebida por vereadores de Niterói que também promoveram uma solenidade de apoio à sua pré-candidatura. A senadora fica até domingo no Rio, onde manterá extensa agenda de compromissos política.

Fonte: Estadão, www.estadao.com.br