Merlong diz que situação no hospital infantil é caótica e cobra a Sesapi

Merlong diz que situação no hospital infantil é caótica e cobra a Sesapi

De acordo com o parlamentar, muitas famílias estão sem opção de tratamento com a paralisação ou morosidade de alguns serviços oferecidos pelo hospital

Após receber carta do diretor do Hospital Infantil, Ednaldo Gonçalves, relatando a situação do centro de saúde, o deputado estadual Merlong Solano (PT) protocolou ontem um requerimento pedindo informações à Secretaria de Saúde quanto as medidas que têm sido adotadas para resolver os problemas. “Em suas próprias palavras o diretor diz que a unidade se encontra em situação de calamidade, no aspecto físico de muitas irregularidades constadas pela vigilância sanitária de algum tempo, agora o hospital está com uma parte de suas atividades essenciais paralisadas, como é o caso das cirurgias eletivas desde julho e mais recentemente as próprias cirurgias de urgência”, afirmou.


De acordo com o parlamentar, muitas famílias estão sem opção de tratamento com a paralisação ou morosidade de alguns serviços oferecidos pelo hospital, o que tem provocado desespero nos pais. “Neste momento as famílias piauienses que dependem do SUS para tratar suas crianças no que diz respeito a cirurgias não estão tendo para onde recor-rer”, constatou.

Merlong ainda vê na abreviação da residência médica no Hospital Infantil, uma dificuldade na formação de bons profissionais. A questão provoca debate na comunidade, ocasionando dúvidas em relação a solução dos problemas indicados. “Através da residência tem a transmissão de conhecimento dos profissionais mais experientes para quem está começando, é o lugar por excelência que se forma médicos com mais qualidade e estava prestando esse serviço a um custo mínimo, cerca de 75 mil reais e não tinha uma residência médica funcionando no hospital infantil”, finalizou.

Clique e curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Francy Teixeira