Michel Temer é reeleito presidente do PMDB e fica mais perto da vice na chapa de Dilma

Michel Temer é reeleito presidente do PMDB e fica mais perto da vice na chapa de Dilma

A sucessão presidencial não seria o tema principal, mas acabou dominando a cena

O PMDB conseguiu reeleger, por aclamação, o deputado federal Michel Temer (SP) como presidente do partido neste sábado (6) apesar da resistência dos diretórios de Paraná, Santa Catarina, Pernambuco e São Paulo. Temer é o nome cotado para a vaga de vice na chapa da pré-candidata do PT, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Presidência. De um total de 597 votos, Temer foi eleito com 591. Dois votos foram nulos e quatro brancos.

A convenção do partido, que ocorreria no dia 10 de março, foi antecipada justamente para dar musculatura a Temer e enfraquecer a possibilidade de Henrique Meirelles, presidente do Banco Central e recém- filiado ao PMDB, ser o companheiro de chapa de Dilma.

A sucessão presidencial não seria o tema principal, mas acabou dominando a cena. Os ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, compareceu ao evento e comemorou antes da eleição, no Twitter, o nome de Temer.

-Temer deve ser reconduzido a presidência:ótima noticia!!!

O ministro das Comunicaçoes, Helio Costa (PMDB-MG), o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima ? que concorre ao governo da Bahia com o petista Jacques Wagner - e o governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, manifestaram apoio aberto à Michel Temer como vice de Dilma. Todos querem a eleita de Lula em seus palanques.

Oficialmente, tanto Temer quanto Meirelles despistaram o assunto. O presidente do Banco Central assegurou que até o começo de abril dedicará toda a sua atenção ao BC.

- Tenho compromisso com o presidente e com o país. No final de março, aí sim, devo pensar e tomar uma decisão: se fico no BC ou se vou contemplar alguma via eleitoral. Estou totalmente focado no BC. Meu compromisso é com a economia brasileira e apenas no final de março devo tomar uma decisão.

Houve quem defendesse a candidatura própria do PMDB à Presidência da República. como o deputado Darcisio Perondi (PMDB ?RS) presidente da Frente Parlamentar pela Saúde.

- Ainda há tempo para contruirmos a candidatura própria.

Essa também é a avaliação da presidente do PMDB feminino no RS, Eunice Flores.

- Entendo que o PMDB já deu o apoio político para muitos políticos que não nasceram no PMDB, é preciso parar para refletir. Quero apelar para a sensibilidade dos nossos líderes.

Gaúchos e paranaenses apóiam o nome do governador do Paraná, Roberto Requião, à Presidência da República. Mas o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), defende com veemência uma aliança com o PT.

- Nós temos uma identidade com a causa popular .Vamos aceitar o desafio de construir juntos a continuidade dos programas sociais nesse novo patamar que o Brasil alcançou, com o presidente Luís Inácio Lula da Silva.

Caso a aliança se concretize e Temer seja escolhido vice de Dilma, terá que se licenciar da presidência do PMDB. Em em seu lugar, quem assumirá o comando do partido será o senador Valdir Raupp, eleito hoje para vice-presidente do partido.

Fonte: g1, www.g1.com.br