Michel Temer recebe visita do presidente da Armênia nesta sexta

Essa é a primeira visita oficial após a saída de Dilma.

O presidente da República em exercício, Michel Temer, receberá nesta sexta-feira (12) o presidente da Armênia, Serj Sargsyan, no Palácio do Planalto. Será a primeira visita oficial de um chefe de Estado a Brasília desde que a presidente Dilma Rousseff foi afastada pelo Senado, em maio, em razão do processo de impeachment que enfrenta no Congresso Nacional.

Pela programação divulgada pela assessoria de Temer, a previsão é que Sargsyan chegará ao Palácio do Planalto por volta das 11h. Ele subirá a rampa do palácio e será recebido no topo por um funcionário do cerimonial da Presidência, que o conduzirá até o gabinete de Temer.

Por não ser uma visita de Estado, a mais importante na diplomacia, o presidente armênio não passará em revista às tropas ou será recebido com tiros de canhão. Segundo a Presidência, ele também não terá reuniões com os presidentes do Legislativo e do Judiciário, como prevê o rito.

Conforme a agenda prevista para esta sexta, Temer e Sargsyan participarão, por volta das 11h30, de uma cerimônia de assinatura de atos de cooperação entre Brasil e Armênia. Segundo a assessoria da Presidência, não havia previsão, até a noite desta quinta, de declaração à imprensa por parte dos dois ou um almoço para as delegações dos dois países.

Para esta sexta, está previsto o lançamento da chamada "pedra fundamental" da Embaixada da Armênia em Brasília, mas o presidente em exercício não deverá participar do ato e a expectativa é que ele seja representado pelo chanceler José Serra.

Michel Temer (Crédito: Reprodução)
Michel Temer (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1