Militância do PSB lança movimento a favor de Ciro Gomes

Integrantes do PSB se dizem contrários à ausência de candidatura do PSB à Presidência e avisam que não ficaram passivos se o partido decidir diferente

A militância do PSB lançou no último sábado, em São Paulo, o Movimento Por um Brasil Socialista, que defende a candidatura do deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) à Presidência da República. O movimento engloba representantes da juventude, mulheres, vereadores, dirigentes do PSB de todo o estado, dirigentes sindicais e integrantes do Núcleo de Formação Política da Fundação João Mangabeira no Estado de São Paulo (NYFORP).

"O Sonho Não Acabou, veementemente somos contrário à ausência de candidatura à Presidência da República e não ficaremos inertes ante uma postura contrária a este propósito. Não somos uma aglomeração, somos um partido com mais de 60 anos de história", registra o documento resultante do encontro.

O Movimento surgiu com o objetivo de vir a público defender e propor que se mantenha a candidatura de Ciro Gomes ao governo federal por entender que o PSB tem o escopo de ser uma forte alternativa política no país, tendo um projeto nacional a ser implantado.

Segundo o documento lançado, o PSB reúne melhores condições de se eleger do que o PSDB tinha em 94 e o PT em 2002 em razão de ter mais governadores, mais prefeitos e mais vereadores do que os mesmos tinham, além de possuir uma maior organização interna e maior convicção militante na defesa de um projeto nacional.

Para os integrantes do Movimento Por um Brasil Socialista, o povo brasileiro tem o direito de digitar o número 40 nas urnas na esperança de superar a mesmice. Eles acreditam que além do Governo Federal, o PSB tem que apresentar em todos os estados candidatos ao governo, Senado e chapa completa para deputados estaduais e federais.

Fonte: Direção Nacional da JSB