Militantes do PT agridem jornalista durante votação de Genoino

Humorista do CQC agredido por grupo petista

Um grupo de militantes petistas agrediu jornalistas e formou um cordão de isolamento em torno do ex-presidente do PT José Genoino para evitar a aproximação da imprensa enquanto ele se dirigia à sua seção eleitoral, em São Paulo, na tarde deste domingo (28).


Militantes do PT agridem jornalistas durante votação de Genoino em SP

Genoino chegou ao colégio eleitoral instalado na Universidade São Judas, no bairro do Butantã (zona oeste), por volta das 16h20.

Logo em seguida, ele foi cercado por cerca de 40 militantes do PT. Enquanto gritava palavras de ordem ("partido, partido é dos trabalhadores"; "Genoino, Genoino"; "povo na rua, a luta continua"), o grupo agrediu jornalistas (o integrante do "CQC" Oscar Filho precisou receber atendimento médico) e quebrou equipamentos.

Abraçado a militantes, Genoino sorriu, repetiu as palavras de ordem gritadas pelo grupo, mas não concedeu entrevistas.

Durante a confusão, Rodrigo Scarpa, o Vesgo do programa "Pânico" (Band), tentou entregar a Genoino maços de cigarro "para o tempo em que ele passar na cadeia". Após votar, um militante enrolou uma bandeira do Brasil no ex-presidente do PT.

O também ex-deputado federal foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal no caso do mensalão por formação de quadrilha e corrupção ativa (compra de apoio político para a base de sustentação do governo Lula [2003-2010]). As penas ainda não foram definidas pelo Supremo.

Fonte: Folha