Ministério Público pedirá transferência de ex-deputado Wallace Souza para presídio

O ex-deputado é acusado de comandar uma organização criminosa ligada a assassinatos

O Ministério Público vai pedir a transferência do ex-deputado estadual amazonense Wallace Souza para um presídio federal. Cincos testemunhas do caso já foram assassinadas, a última na semana passada, e haveria o plano de matar os promotores e um secretário estadual. O ex-deputado é acusado de comandar uma organização criminosa ligada a assassinatos, tráfico de drogas, além de exibir os crimes praticados pelo grupo em um programa de TV. As informações são do programa Fantástico.

Wallace, o deputado mais votado do Estado do Amazonas, teve seu mandato de deputado estadual cassado no começo de outubro por quebra de decoro parlamentar. Ele ficou foragido, após ter sua prisão preventiva decretada pelo juiz Mauro Antony, titular da 2ª Vara de Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecente, e se entregou uma semana depois. O Ministério Público Estadual (MPE) denunciou o ex-deputado por crimes como associação para o tráfico, homicídio e porte ilegal de arma. Ele também é acusado de planejar a morte da juíza federal Jaiza Fraxe.

Em um primeiro momento, Wallace foi levado para a Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), mas devido ao risco de rebeliões, a justiça determinou sua transferência para a unidade do Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Manaus, onde está preso desde então.

Fonte: Terra, www.terra.com.br