Ministra Miriam Belchior agiliza empréstimo ao Estado do Piauí

Ministra Miriam Belchior agiliza empréstimo ao Estado do Piauí

Governador Wilson Martins foi recebido em audiência em Brasília pela ministra do Planejamento.

O governador Wilson Martins (PSB) foi recebido em audiência ontem, em Brasília, pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Durante o encontro, o governador tratou de três pontos relevantes para o Piauí: a operação de crédito com o Banco Mundial, que foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado e Conselho Diretor do Banco, Transnordestina e um convite para a visita da ministra ao Estado.

Como só falta a autorização da Comissão de Financiamentos Externos (COFIEX) para a liberação do empréstimo, Miriam Belchior pediu que o Secretário para Área Internacional, Carlos Rigotto, agilizasse uma reunião para apreciar a operação de crédito entre Banco Mundial e o Governo do Piauí.

Ainda no Ministério do Planejamento, o governador, acompanhado dos secretários Sérgio Miranda e Avelino Neiva, tratou da ferrovia Transnordestina, especialmente de um convênio firmado entre Departamento Nacional de Trânsito (DNIT) e Universidade Estadual do Piauí (Uespi) que garante que os estudantes acompanhem os moradores do trecho que estarão diretamente envolvidos com a construção

da obra a fim de que estes recebam instruções sobre serviços, mudanças e operações bancárias.

Durante a audiência, o governador fez um convite à ministra Miriam Belchior para vir ao Piauí por ocasião da inauguração do residencial Jacinta Andrade, a maior obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) realizada no país. Ainda em Brasília, o governador esteve reunido com o ministro da Secretaria dos Portos, José Leônidas Menezes e tratou da construção da terceira etapa do Porto de Luís Correia. A primeira e a segunda etapas estão em fase de prestação de contas. Leônidas garantiu a Wilson Martins que vai dar agilidade na definição de uma agenda para licitar a terceira etapa para que o processo licitatório seja concluído até o dia 15 de setembro.

EMPRÉSTIMO ? O governo do estado negocia a contratação de empréstimo junto ao Banco Mundial. A operação solicitada é da ordem de US$ 550 milhões e tem como principal objetivo superar os gargalos financeiros resultantes sobretudo do peso da dívida publica. Atualmente, o Governo do Estado se vê obrigado a desembolsar cerca de R$ 100 milhões por mês para cobrir as obrigações com o pagamento da dívida, a cobertura do déficit previdenciário e os recatórios. Somente os encargos da dívida geram desembolso mensal de R$ 65 milhões.

Fonte: Ananias Ribeiro