Ministro diz que empresária não tem prova de ter subornado o Carlos Lupi

A empresária mineira acusa o ministro e o ex-ministro Carlos Lupi (PDT) de participarem de uma máfia que age na criação de sindicatos.

O ministro do Trabalho, Manoel Dias (PDT), disse na manhã desta quinta-feira (30) que a denúncia da empresária do ramo de transportes Ana Cristina Aquino, 40, foi encerrada pela Justiça em 2011 e ela não tem como provar nada contra ele.

A empresária mineira acusa o ministro e o ex-ministro Carlos Lupi (PDT) de participarem de uma máfia que age na criação de sindicatos. Os dois negam. A denúncia de Ana Cristina Aquino ?publicada pela revista "Isto É" no último final de semana? foi confirmada em entrevista à Folha ontem.

"Se ela disse o que ela disse de mim sem nunca me ver.. qual é a história de uma mulher dessa para que denuncie alguém? Ela não tem como provar", garantiu Dias, antes de um evento no Tribunal Regional do Trabalho, no Rio.

"A denúncia já está dissolvida desde 2011 por decisão da Justiça. Portanto, é um crime impossível, não há como nenhum ministro mudar qualquer rota desse processo. Então, está absolvido e assunto encerrado", acrescentou Dias à Folha.

A empresária afirma ter entregue R$ 200 mil em espécie ao ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi, no próprio gabinete dele em Brasília, na época que ele estava a frente do ministério, no segundo semestre de 2011 ?como suborno para acelerar a criação de um sindicato.

Ela diz ainda que quem intermediou o encontro com Lupi foi o advogado João Alberto Graça, assessor do atual ministro Manoel Dias e membro do diretório nacional do PDT. O ministro, no entanto, diz que seu assessor não será afastado porque tem direito a "presunção da inocência".

"Ele tem direito à resposta, a presunção da inocência e não cabe a mim até que provem o contrário tomar qualquer juízo em razão disso", disse o ministro. Manoel Dias afirmou também que seu advogado da área criminal vai tomar as medidas judicias necessárias contra a empresária.

"Me nego a responder sobre o assunto, que eu não tenho nada a ver. Não sei, não conheço e nunca vi [a empresária Ana Cristina Aquino]", afirmou Dias.

Fonte: UOL