Ministros dizem que anúncio da saída de Barbosa surpreendeu

Ministros dizem que anúncio da saída de Barbosa surpreendeu

"Não sabíamos de nada", afirmou ministro Marco Aurélio Mello. "Para mim foi uma surpresa, eu não sabia", disse Teori Zavascki.

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta quinta-feira (29) que o anúncio da aposentadoria do presidente do tribunal, ministro Joaquim Barbosa, "pega de surpresa" o tribunal. O anúncio foi feito pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), após encontro com Barbosa. Ainda não há data para que Barbosa deixe o STF.

"Não sabíamos de nada. Pelo menos eu não tinha conhecimento de que ele deixaria o tribunal. Pega de surpresa o Supremo, pelo menos um dos integrantes, que sou eu", disse Mello antes da sessão plenária desta quinta.

Indagado se foi deselegante a informação ter sido transmitida ao Congresso antes de terem sido informados os próprios ministros do tribunal, ele disse: "A elegância é de um subjetivismo maior. Cada qual tem uma noção a respeito."

Segundo Marco Aurélio, Barbosa "ficará conhecido como relator da ação penal 470, a denominada ação do mensalão". Para ele, o ministro decidiu sair por problemas de saúde. "Eu não concebo que alguém vire as costas para uma cadeira no Supremo espontaneamente."

O ministro Teori Zavascki também afirmou antes da sessão que não tinha conhecimento da aposentadoria. "Para mim foi uma surpresa, eu não sabia. Já houve outros casos de ministros renunciando, mas é raro."

Vice-presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski assumirá o comando do tribunal. Ele disse antes da sessão que não tinha sido informado da saída de Barbosa.

"Ainda preciso tomar ciência do fato. Não sei de nada, não fui comunicado de nada formalmente, preciso tomar ciência. [...] Não tenho nenhuma notícia de nada. A notícia que tenho é a mesma que vocês têm."

O ministro Luís Roberto Barroso também disse que não tinha sido comunicado da saída de Barbosa, mas que tem admiração por ele.

"Mesmo não concordando com todas as posições dele ? eu concordo com muitas ?, tenho admiração por ele e o quero bem", afirmou.

Fonte: G1