Morre ex-governador do Maranhão, Ribamar Fiquene

Morre ex-governador do Maranhão, Ribamar Fiquene

Ex-governador morreu no início da noite deste domingo (2), no hospital UDI, em São Luís.

Faleceu, no início da noite deste domingo (2), em São Luís, o ex-governador do Maranhão, José de Ribamar Fiquene, aos 80 anos. Ribamar Fiquene estava internado no hospital UDI. Ele lutava, há muito tempo, contra um câncer no pulmão. O hospital e a família não quiseram dar mais detalhes sobre a doença que matou o ex-governador.

O corpo de Ribamar Fiquene está sendo velado na Assembleia Legislativa do Estado, no bairro Cohafuma, em São Luís. O enterro, marcado para as 10h, será no cemitério Jardim da Paz, na estrada do Maiobão.

O governo estadual decretou luto oficial de três dias. A governadora Roseana Sarney lamentou a morte do ex-governador, de quem era amiga.

Trajetória

José de Ribamar Fiquene nasceu em Itapecuru-Mirim, em 27 de dezembro de 1930, filho de Wady Fiquene e Delaê Fiquene, mudou-se para Imperatriz, no Maranhão.

Formou-se em Direito, na Faculdade de Direito de São Luís, nos anos 50. Em seguida, retornou para Imperatriz, onde iniciou carreira política.

Carreira Política

Foi prefeito do município maranhense de Imperatriz, durante período de 1983 a 1988. Em 2 de abril de 1994, quando Edison Lobão se afasta do governo do Estado do Maranhão para concorrer ao Senado, Ribamar Fiquene assume o governo até 1º de janeiro de 1995.

Foi senador pelo Maranhão por três vezes. É membro da Academia Imperatrizense de Letras. Também são de sua autoria, a letra e a música do hino da cidade de Imperatriz.

Escritor e empresário, José de Ribamar Fiquene foi, também, promotor público, juiz de direito, professor e reitor da Universidade Estadual do Maranhão (Uema). Ele era casado com Zenira Massoli Fiquene, e deixa oito filhos.

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br