MP define processo para escolha do novo procurador-geral de Justiça

Eleição do novo procurador-geral de Justiça do Piauí

Em definição do Ministério Público Estadual, mediante resolução, foi definida a data para a eleição do novo procurador-geral de Justiça do Piauí, em substituição a Zélia Saraiva, que ocupa o posto pela segunda vez, tendo sido reeleita em 2013.

O processo de escolha ocorrerá no próximo dia 12 de junho, onde será formalizada a lista tríplice a ser encaminhada ao governador do Estado, Wellington Dias (PT); na ocasião, os pré-candidatos ao cargo também foram explicitados, são eles: Cláudia Pessoa Marques da Rocha Seabra, Cleandro Alves de Moura, Elói Pereira de Sousa Júnior, Eny Marcos Vieira Pontes, Luís Francisco Ribeiro e Maurício Gomes de Souza.

O sistema adotado prezará pelo voto secreto, agora, os postulantes deverão ficar atentos ao prazo para inscrição de 18 a 22 de maio, das 7h às 14h, com requerimento direcionado à Comissão Eleitoral. A publicação dos inscritos, deferidos ou não, será no dia 25, no Diário da Justiça.

A votação ocorrerá de 9h às 15h no auditório da Procuradoria Geral de Justiça, acontecendo a apuração logo após o encerramento desse processo. Cabe ressaltar que o atual mandato se encerra no dia 15 de julho, o que exige que o Chefe do Executivo tome uma decisão antes desse período, porém, não deve haver dificuldades para o cumprimento do período, tendo a ciência que o governador tem dez dias para concretizar a escolha.

Neste sentido, a previsão é que Dias siga o resultado das urnas e opte pelo mais votado pelos procuradores e promotores. O mandato é válido por dois anos, sendo possível a extensão pelo mesmo período; a importância do cargo se dá pela responsabilidade na gestão do Ministério Público, tendo em vista que ele administra o órgão e exerce influência sobre as demais Procuradorias, além de poder encaminhar ao Poder Legislativo projetos de lei de iniciativa do órgão.

Fonte: Francy Teixeira