MP investigará empresa de lixos de THE

Os 104 lixões de Teresina mapeados pelos vereadores Décio Solano (PT) e R. Silva (PP) serão motivo de ação no Ministério Público

Os 104 lixões de Teresina mapeados pelos vereadores Décio Solano (PT) e R. Silva (PP) serão motivo de ação no Ministério Público contra a Quálix, empresa responsável por fazer a coleta de lixo na capital. ?Os terrenos estão até no centro da cidade, podendo servir como foco de diversas doenças, inclusive a dengue?, argumenta Solano.

O vereador apresentou ontem na Câmara de Vereadores o balanço do levantamento que começou a ser feito no final do ano passado. Documentada com fotos e depoimentos, a denúncia feita pelos parlamentares aponta para 38 pontos de lixo à céu aberto na zona Norte de Teresina, 29 na zona Leste, 23 na Sul e 14 na Sudeste.

A solução para o problema dos lixões, avalia o vereador, seria descentralizar o serviço por zonas da cidade, assim como acontece em Fortaleza (CE). ?A empresa não está cumprindo seu papel já que encontramos um alto número de lixões a céu aberto?, justifica.

Nesta sexta-feira, Décio Solano e a vereadora Rosário Bezerra (PT) farão uma visita ao Pólo Industrial Sul. De acordo com Décio, famílias que vivem de agricultura familiar há mais de 12 anos tiveram suas plantações derrubadas por orientação da Semdec (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico). (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte