Mulher acampa no STF para tentar reaver filha com pai alemão

Mulher acampa no STF para tentar reaver filha com pai alemão

A filha, Elena, de 12 anos, tem síndrome de down; mãe diz que ela sofre maus tratos.

A paulista Eliana Rodrigues März está acampada hás três dias em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ela quer uma audiência com o presidente do tribunal, ministro Carlos Ayres Britto, e a ajuda da Justiça para trazer a filha, que está na Alemanha com o pai, de volta para o Brasil.

A filha Elena, de 12 anos, tem síndrome de down. Nasceu e viveu na Alemanha com os pais até o ano passado. A mãe afirma que desconfiou que a menina sofria abusos do pai e que denunciou o caso às autoridades alemãs, mas não obteve ajuda. Afirma que, então, voltou para o Brasil com a menina.

Segundo Eliana, o pai obteve uma decisão da Justiça de São Paulo em janeiro deste ano para ficar com a menina e a levou de volta para Alemanha. A mulher recorreu, mas ainda não há decisão. Ela afirma que o ex-marido é violento e que teme pela segurança da menina.

?Eu pretendo sensibilizar o Judiciário para a urgência do caso da minha filha, sem o qual não há campo de atuação para o Itamaraty. No sentido de negociar com a Alemanha a volta da minha filha?, disse.

O Ministério das Relações Exteriores informou que recebeu o pedido de ajuda de Eliana. Um representante do Consulado do Brasil em Munique, na Alemanha, vai visitar a menina na casa do pai e na escola onde ela estuda para dar notícias à mãe. É o que o governo brasileiro diz que pode fazer enquanto estiver em vigor a decisão judicial que deu ao pai a guarda da filha.

Fonte: G1