Municípios pedem socorro para cumprirem com a Lei de Responsabilidade Fiscal

Municípios pedem socorro para cumprirem com a Lei de Responsabilidade Fiscal

Municípios pedem socorro para cumprirem com a Lei de Responsabilidade Fiscal

Mais de 100 prefeitos participaram hoje (11.08) no auditório do Tribunal de Contas do Estado, de uma audiência pública para debater sobre a aplicabilidade da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) sobre o limite de gastos com pessoal nos municípios piauienses. 

A principal solicitação da APPM é que se retire do cálculo os programas federais da área da saúde. Segundo o presidente Arinaldo Leal esses programas consomem de 100% a 200% de recursos só com folha de pagamento.

“Já fizemos uma exposição aos conselheiros e agora trouxemos ao debate junto a todos, pois temos que encontrar uma solução urgentemente. O problema da maioria dos municípios estarem extrapolando o limite de 54% de gasto com pessoal da LRF não é má gestão, mas sim uma série de fatores que foram expostos para sensibilizar os conselheiros, que são quem julgam nossas contas”, explica Arinaldo Leal.






































Fonte: Lena Mendonca