Na Venezuela, Lula volta a condenar golpe em Honduras

Lula participou da primeira fala na 2ª Reunião de Cúpula dos países da América do Sul e África

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em sua primeira fala na 2ª Reunião de Cúpula dos países da América do Sul e África, na Isla de Margarita, voltou a condenar o golpe em Honduras, com a deposição do presidente Manuel Zelaya.

De acordo com Lula, o continente sul-americano "lutou muito para varrer para a lata de lixo da história as ditaduras militares de outrora". Segundo Lula, "não se pode permitir retrocessos desse tipo no continente".

O cerco à embaixada brasileira em Tegucigalpa, capital hondurenha, onde está abrigado o presidente deposto Manuel Zelaya, foi o tema predominante na solenidade de abertura da 2ª Reunião de Cúpula dos países da América do Sul e da África, que ocorre até hoje, na Venezuela.

Fonte: Terra, www.terra.com.br