"Não existe possibilidade de pânico", diz Lula sobre gripe suína

O presidente também comentou sobre as chuvas que castigam o nordeste e a seca no sul do país

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (11), ao longo de seu programa semanal de rádio ?Café com o presidente?, que confia no trabalho do Ministério da Saúde em relação à nova gripe.

"Não existe possibilidade de pânico e nem deve ter pânico, o que as pessoas devem ter é cuidado e isso o Ministério da Saúde está trabalhando junto com as secretarias estaduais para evitar que haja um mal maior no Brasil. Estamos cuidando dos aeroportos, dos portos. A entrada de pessoas aqui está sendo bem fiscalizada", afirmou o presidente, apesar da confirmação de oito casos da doença no Brasil.

O presidente também comentou sobre as chuvas que castigam o nordeste e a seca no sul do país.

"Num primeiro momento, é preciso que a gente cuide de tirar as pessoas dos lugares que estão alagados, depois a gente cuide de garantir a alimentação das pessoas, depois a gente cuide da saúde e só quando a água baixar é que a gente vai poder então começar o processo de construção das obras que a chuva estragou: estradas, pontes, ou seja, as casas que foram inundadas".

Fonte: g1, www.g1.com.br