Nestor Cerveró fala à Justiça pela 1º vez na condição de delator

Delator Fernando Baiano também deve ser interrogado por Sérgio Moro

O ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, que está preso no Complexo Médico-Penal em Pinhais, em Curitiba, deve falar à Justiça Federal do Paraná pela primeira vez na condição de delator em uma audiência referente à uma ação penal da 21ª fase da operação – batizada de Passe Livre. A audiência está marcada para começar às 14h desta segunda-feira (18).

Segundo a Polícia Federal (PF)  e com o Ministério Público Federal (MPF), Cerveró, na condição de diretor Internacional da Petrobras, se beneficiou do esquema de fraude, corrupção e desvio de dinheiro, recebendo propinas milionárias em virtude de diferentes contratos da Petrobras e também na compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

A deleção premiada dele foi homologada após a divulgação de uma gravação feita numa reunião do senador Delcídio do Amaral com o chefe de gabinete dele, Diogo Ferreira, o advogado Edson Ribeiro e o filho de Cerveró, Bernardo. Diogo Ferreira teve a prisão temporária convertida para preventiva.


Nestor Cerveró
Nestor Cerveró
Fonte: Com informações do G1