Núcleo de Educação a Distância mostra trabalho em congresso

O trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Educação a Distância, da Secretaria da Administração do Piauí, foi mostrado a pessoas de vários Estados

O trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Educação a Distância, da Secretaria da Administração do Piauí, foi mostrado a pessoas de vários Estados, na última terça-feira (16), no painel Estratégias de ampliação das ofertas de capacitação, durante o III Congresso Consad de Gestão Pública, realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. O evento teve início no dia 15 e terminou nessa quarta-feira (17), com a participação de 1.700 pessoas.

A gerente do Núcleo, Ana Célia Orsano, começou a apresentação questionando as estratégias usadas na implantação de um programa de formação continuada para servidores públicos no Estado do Piauí, na modalidade educação a distância, via internet, e quais os resultados em termos efetivos de quantidade e qualidade no ano de 2009. Ela explicou que a educação a distância é um sistema cada vez mais relevante nos processos de formação e que há necessidade de investimento e descentralização na formação de servidores.

Ana Célia relatou os fatores significativos na implantação do Nead, como o apoio institucional, a equipe multidisciplinar, a identificação das tecnologias e conteúdos que atendessem as necessidades de capacitação do servidor e as ações de comunicação implementadas. Mostrou os desafios sociais, culturais e operacionais para implantação da modalidade de ensino na Escola de Governo do Piauí.

Um dos desafios sociais foi identificar o perfil do servidor, em que foi constatado que 27% tinham curso superior incompleto, 30%, superior completo, 17%, médio completo e 22%, pós-graduação. A gerente contou que um dos desafios culturais foi sensibilizar o servidor para mudanças. Já em termos operacionais os desafios foram o uso das tecnologias, conexões, integração de mídias, metodologia e logística.

A gerente mostrou que os cursistas avaliaram os cursos em termos de qualidade de conteúdo, qualidade e acessibilidade das ferramentas disponíveis no ambiente AVA e tutores. O resultado foi que 46,7% consideraram ótima a utilidade e aplicabilidade dos cursos nas atividades profissionais e 71%, o desempenho dos tutores. O Nead pesquisou a concentração de servidores por órgão, o maior número de cursistas é da Secretaria de Saúde, 16%, seguida pela Secretaria de Segurança, com 8%.

Ana Célia mostrou aos participantes do Congresso depoimentos de cursistas e um deles foi da servidora da Secretaria de Educação, Maria do Amparo Santos. Ela disse que está maravilhada com o empenho dos tutores em ajudar. Ao tomar conhecimento do curso de produção de texto e redação oficial, a servidora resolveu trabalhar com correspondências oficiais.

A gerente concluiu a apresentação informando que para a equipe o desafio se transformou em estímulo e a oferta de curso na modalidade educação a distância permitiu à Escola de Governo implementar ações mais fortalecidas e sistematizadas no sentido de democratizar oportunidades de capacitação para o servidor público. E informou que o número de servidores capacitados aumentou em 40%.

O trabalho Inovação e flexibilização no programa de formação continuada desenvolvido pela Escola de Governo (Egepi/Sead): a implantação de cursos virtuais, também, teve a participação da superintendente da Escola de Governo, Janaina Mapurunga. A coordenadora de cursos do Nead, Trycia Fortes, também foi a Brasília ajudar na apresentação do trabalho.

Criado em 2008, o Núcleo de Educação a Distância já capacitou cerca de 1.700 servidores em cursos como o de informática básica, produção de texto e redação oficial e atendimento ao público. O Nead realizou ainda palestras e seminários.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br