Número de mortos em atentado  em jogo de voley sobe para 75

Número de mortos em atentado em jogo de voley sobe para 75

75 mortes devido à explosão de um carro bomba durante um torneio de voleibol

O último balanço oficial aponta para um número de 75 mortes devido à explosão de um carro bomba durante um torneio de voleibol na região noroeste do Paquistão nesta sexta-feira.

Lakki Marwat, onde ocorreu a tragédia, fica próxima de uma zona tribal que faz fronteira com o Afeganistão, numa localidade em que o exército paquistanês combate atualmente os talebans aliados da Al Qaida, que em represália cometem vários atentados suicidas.

"Os habitantes do povoado estavam assistindo uma partida entre duas equipes locais quando um "kamikaze" chegou ao local manobrando um veículo do tipo SUV, que explodiu", disse o chefe de polícia do distrito, Mohamad Ayub Jan. Pelo menos 200 pessoas acompanhavam a partido, segundo a polícia. Outras 60 pessoas eram atentidas em hospitais locais.



O ataque de hoje é um dos mais sangrentos nas últimas semanas no Paquistão, país que enfrenta uma onda de atentados nos últimos dois anos que já deixaram mais de 2.800 mortos.

AP

Imagem de TV mostra paquistaneses socorrendo vítimas de explosão em jogo de vôlei, em Lakki Marwat

O último grande ataque ocorreu em 28 de dezembro na cidade de Karachi, contra uma procissão xiita que participava da festa sagrada da Ashura, onde morreram 40 pessoas.

Os ataques não distinguiram população civil de militar e atingiram mesquitas, instalações militares e reuniões populares.

Diante dessa situação, a ONU, que perdeu neste ano 11 trabalhadores no país e sofreu um ataque contra seu escritório do Programa Mundial de Alimentos em Islamabad, anunciou que planeja retirar gradualmente parte de seu pessoal no Paquistão.

As Nações Unidas disseram que a retirada parcial será "por um período limitado, à espera de medidas de segurança adicionais e da evolução da situação".

Fonte: AE