""O Maranhão não é futuro, ele é o presente"", garante governadora Roseana Sarney

Segundo a governadora, R$ 80 bi serão investidos para a criação de empregos.

?O Maranhão não é o futuro. O Maranhão é o presente?. Com estas declarações, a governadora Roseana Sarney classificou, nesta quarta-feira (2), a atual situação do Estado com relação à criação de empregos e a vinda de novos investimentos para o Maranhão. De acordo com a governadora, aproximadamente R$ 80 bilhões serão injetados no Estado, nos próximos quatro anos, para que todas estas metas sejam cumpridas e favoreçam a população.

- Esperamos trazer para o Maranhão, nos próximos quatro anos, em torno de R$ 80 bilhões. Isso quer dizer, em números, uma arrecadação maior e uma possibilidade de empregos maior. O Maranhão não é o futuro. O Maranhão é o presente - explicou.

Roseana Sarney adiantou a vinda do presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que participará da inauguração da segunda etapa da fábrica da Alumar, e de representantes da AmBev, que discutirão com o governo do Estado a ampliação da fábrica da empresa no Maranhão.

- Estamos aguardando a vinda do presidente Lula, que já confirmou a vinda para o dia 10, para a inauguração da segunda etapa da fábrica da Alumar. Quem está vindo no dia 3 é o pessoal da AmBev, que eu quero convidar a lançar a duplicação da fábrica da AmBev aqui. Isso significará mais emprego e mais renda para a população. Estamos esperando também o licenciamento do Ibama para lançar o píer da Vale, que também representará criação de emprego ? finalizou.

Apoio

Para a realização destes projetos, a governadora Roseana Sarney recebeu, em reunião ocorrida nesta quarta-feira, o apoio do presidente da Câmara Municipal de São Luís, Isaías Pereirinha (PSL), que formalizou total apoio ao governo do Estado.

Os vereadores Astro de Ogum (PMN), Sebastião Albuquerque (DEM) e Albino Soeiro (PSC), além de auxiliares do presidente do Legislativo Municipal participaram do encontro com a governadora.

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br