Oposição cobra diminuição do valor das taxas do Detran-PI

Para o deputado, as taxas cobradas no Piauí estão entre as mais altas do país e não existe justificativa para isso

Passados três meses da audiência que discutiu as altas taxas cobradas pelo Detran-PI e o Executivo ainda não apresentou proposta de redução de valores conforme acertado entre oposição e base. O deputado Marden Menezes (PSDB) ocupou a tribuna da Assembléia Legislativa nesta quarta-feira para cobrar do governo o cumprimento do acordo.

Na oportunidade o parlamentar reforçou o pedido para a efetivação do Projeto de Lei, argumentando que existe a possibilidade do governador Wellington Dias (PT) e do diretor geral do Detran-PI Jesus Rodrigues abandonarem seus cargos para disputar as próximas eleições.

Uma comissão suprapartidária formada pelos deputados Marden Menezes (PSDB), Mauro Tapety (PMDB), Lílian Martins (PSB) e João de Deus (PT), analisaram as diferenças entre as taxas cobradas pelo Detran-PI e as taxas cobradas pelos vizinhos estados do Maranhão e Ceará, bem como o destino do dinheiro arrecadado.

Algumas delas chegam a ser majoradas em até 82% de acordo com dados apresentados pelo tucano. ?As taxas cobradas no Piauí estão entre as mais altas do país e não existe justificativa para isso, pois o nosso Estado continua sendo um dos mais pobres?, argumentou Marden Menezes.

Para o deputado de oposição o Poder Público precisa tornar os valores cobrados pelo Detran-PI compatíveis com a realidade financeira dos piauienses, destacando ainda que um cidadão desembolsa cerca de mil reais para adquirir uma carteira de habilitação.

Fonte: Ascom