Ordem de serviço: Novo hospital de Picos ficará pronto em 12 meses

Governador Wellington Dias assinou ordem de serviço

Na tarde desta quinta-feira, 14, o governador do Estado do Piauí, Wellington Dias (PT),  assinou a ordem de serviço de construção do Novo Hospital de Picos, situado no bairro Paraibinha. A obra que foi iniciada ainda em 2010 estava paralisada há quatro anos, e agora após a retomada na última quarta-feira,13, deve ser concluída no prazo de 12 meses.

Os recursos utilizados para a construção do novo hospital estão avaliados em mais de R$51 milhões, entre verbas parlamentares do deputado federal Assis Carvalho (PT) e do Tesouro Estadual.

Governador e sua comitiva em Picos
Governador e sua comitiva em Picos

Uma comitiva formada pela deputada estadual Belê Medeiros (PSB), deputado federal Mainha (Solidariedade), deputado federal Assis Carvalho (PT), a vice-governadora Margarete Coelho (PP), dentre outros representantes políticos participaram da solenidade de assinatura da ordem de serviço. Prefeitos da macrorregião e lideranças locais também prestigiaram o evento.

O prefeito de Picos, Padre Walmir Lima (PT) explica que a retomada da obra era uma reivindicação antiga. “No sábado recebi um telefonema do deputado Assis Carvalho que havia se reunido com o governador informando que a obra do novo hospital seria retomada ainda na quarta-feira. E não deixa de ser um ponto bastante positivo para a saúde de Picos e macrorregião”, disse o prefeito.

O governador Wellington Dias durante seu pronunciamento defendeu a conclusão da obra e ressaltou que será um marco na saúde da macrorregião. “O hospital de Picos é um sonho, e fizemos um trabalho muito grande em 2015 para que a obra fosse retomada. A garantia é que a obra seja concluída em um ano com os recursos assegurados para os equipamentos. A obra será feita em duas etapas, e neste primeiromomento será concluída a primeira com a construção de 80 leitos”, afirmou o governador.

O secretário de Saúde do Piauí, Francisco Costa, esclareceu que o Novo Hospital servirá de campo de estágio para os estudantes do curso de Medicina que será ofertado no segundo semestre de 2016, na Universidade Federal do Piauí, Campus de Picos. “Então teremos um hospital que surge como um hospital escola. É uma obra grandiosa que beneficiará aproximadamente 500 mil pessoas e fortalecer a saúde desta região.

Primeira etapa da obra

  • Centro Cirúrgico (o5 salas)
  • UTI Adulto (10 leitos)
  • UTI Pediátrica (10 leitos)
  • Internação Geral (60 leitos)
  • Unidades de apoio ( cozinha, lavanderia, almoxarifado, farmácia, central de material, central deresíduos, central de gases medicinais, subestação e abrigo de geradores)
  • Estacionamento e Urbanização
Fonte: Riachão Net