Padilha afirma que secretário de São Bernardo é cotado para lhe substituir

O ministro, no entanto, evitou dar mais detalhes sobre a reforma ministerial

O secretário da Saúde de São Bernardo do Campo (19 km de São Paulo), Arthur Chioro, é o mais cotado para substituir Alexandre Padilha no comando do Ministério da Saúde. A afirmação é do próprio ministro, que cumpriu agenda neste sábado (18) na região de Ribeirão Preto.

Padilha, pré-candidato do PT ao governo do Estado de São Paulo, deve deixar o ministério no fim deste mês.

O ministro, no entanto, evitou dar mais detalhes sobre a reforma ministerial e disse que a presidente Dilma Rousseff é quem vai definir o novo nome da pasta.

Padilha assinou convênio entre a Santa Casa e a UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), que permitirá aos alunos de medicina fazerem residência na unidade. Hoje, os universitários precisam viajar para outras cidades.

ARTICULAÇÃO POLÍTICA

Questionado se o empresário ribeirão-pretano Maurilio Biagi Filho (PR) poderia ser candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo PT, Padilha afirmou que o nome dele "é forte" dentro do governo federal e que pode assumir qualquer cargo.

"Maurílio Biagi Filho é um nome que eu gosto muito. Ele é um empresário que tem profunda consciência da importância do Estado de São Paulo. Pode assumir qualquer cargo, seja no âmbito estadual ou federal".

Em outubro, o empresário foi indicado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para compor a chapa de Padilha e disputar a eleição como candidato a vice-governador para concorrer ao governo paulista.

Com um vice, empresário, o desejo de Lula é que o PT vença a resistência no interior de São Paulo. Biagi Filho é presidente do grupo Maubisa e integrante do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República.

De acordo com Padilha, a discussão sobre uma possível candidatura de Biagi Filho a vice só ocorrerá após a saída dele do Ministério da Saúde.

Fonte: Folha