Palocci: PPS quer declaração da presidenta Dilma sobre o caso

O PPS é um dos partidos que tentam obter esclarecimentos de Palocci e já enviou duas representações sobre o caso à Procuradoria-Geral da Presidência.

O líder do PPS na Câmara, deputador Rubens Bueno (PR), cobrou neste sábado uma declaração pública da presidente Dilma Rousseff sobre a evolução patrimonial do ministro Antônio Palocci (Casa Civil), e o faturamento multimilionário da consultoria privada dele durante o ano eleitoral de 2010.

"A presidente Dilma parece ser mais leal do que Lula. Vem mantendo silêncio, porém não tomou ainda nenhuma atitude com relação às estripulias de seu companheiro", afirmou Bueno.

"A nação inteira espera sua declaração pública com relação ao caso", lembrou o deputado.

O PPS é um dos partidos da oposição que tentam obter esclarecimentos de Palocci e já enviou duas representações sobre o caso à Procuradoria-Geral da Presidência. Na sexta-feira (20), o procurador-geral Roberto Gurgel afirmou que o ministro da Casa Civil tem 15 dias para explicar as atividades de sua consultoria.

As declarações do líder do PPS foram feitas durante uma manifestação pública em Curitiba, na manhã deste sábado (21).

Fonte: Folha.com