Papa Francisco desembarca no Rio e é recebido pela presidente

Papa Francisco desembarca no Rio e é recebido pela presidente

O avião do papa Francisco pousou no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, às 15h43 desta segunda-feira (22).

O avião do papa Francisco pousou no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, às 15h43 desta segunda-feira (22) depois de mais de 12 horas de viagem desde Roma, na Itália.

O Sumo Pontífice será recepcionado pela presidente da República, Dilma Rousseff, pelo governador do Estado, Sérgio Cabral e pelo prefeito Eduardo Paes. A presidente chegou por volta das 15h25 no aeroporto, acompanhada de oito ministros e também do vice-presidente Michel Temer. Além deles, representantes da Igreja Católica e outras autoridades receberão Francisco.

Um coral com crianças e jovens de três paróquias cariocas se apresentou na Base Aérea do Galeão momentos antes do desembarque de Francisco.

Assim que a aeronave com o papa pousou, jovens começaram a cantar. "Papa Francisco, cadê você, eu vim aqui só pra te ver". "Ei, papa Francisco, nós somos os jovens de Cristo."

Do aeroporto do Galeão, que fica na Ilha do Governador (zona norte), Francisco circulará em carro aberto pelas ruas do centro do Rio de Janeiro. Na sequência, vai ao Palácio Guanabara, sede oficial do governo do Estado, no bairro das Laranjeiras, na zona sul. Lá, haverá uma cerimônia de boas vindas ao pontífice, que fará um discurso no evento.

Em seguida, Francisco terá uma reunião privada com a presidente. Após o encontro, o papa seguirá para a Residência Assunção, no alto da estrada do Sumaré, no Alto da Boa Vista (zona norte), que já hospedou o papa João Paulo 2º duas vezes. Encravada na floresta da Tijuca, a residência hospedará o papa ao longo de toda a semana.







Primeira viagem internacional

A primeira viagem do papa Francisco começou por volta das 9h (4h de Brasília) desta segunda-feira (22). O voo partiu de Roma com direção ao Rio de Janeiro --onde o pontífice presidirá a 28ª Jornada Mundial da Juventude. 

Levado de helicóptero para o aeroporto de Fiumicino, onde foi recebido pelo chefe do governo italiano, Enrico Letta, Francisco, o primeiro papa latino-americano da história, chegou ao avião carregando sua própria bagagem de mão para a sua primeira viagem oficial ao exterior no posto de sumo pontífice.

O avião --um Airbus A330, da companhia italiana Alitalia-- deve aterrissar no aeroporto Antônio Carlos Jobim no Rio de Janeiro às 16h local, após percorrer os 9.200 quilômetros que separam ambas as cidades. A aeronave leva a bordo 105 passageiros, incluindo vários jornalistas.

Já dentro do avião que o traz ao Brasil, o papa Francisco expressou pelo Twitter sua "alegria" de estar em breve no Rio de Janeiro para se encontrar com os jovens durante a Jornada Mundial da Juventude. 

"Dentro de algumas horas chego ao Brasil, e já sinto o coração cheio de alegria por em breve estar celebrando com vocês a 28ª JMJ", se lê no tweet do papa argentino, que escreveu durante o voo rumo ao Rio de Janeiro.

 Aos jornalistas que o acompanham na viagem, o papa disse que a crise mundial está "causando muitos prejuízos aos jovens". O pontífice também demonstrou preocupação com o que chamou de "geração que nunca teve trabalho".

A viagem também teve momentos de descontração. "Vocês não se conformam com nada". Foi o que o papa Francisco respondeu ao ser questionado por jornalistas brasileiros durante o voo entre Roma e Rio de Janeiro sobre o fato de alguns "lamentarem" a nacionalidade argentina do pontífice. "Vocês querem tudo", brincou ele, que acrescentou: "Vocês já têm um Deus brasileiro, queriam um papa brasileiro também?".

Fonte: UOL